#4 Heurísticas de Nielsen: Consistência e Padrões

Os usuários não devem se perguntar se palavras, situações ou ações diferentes significam a mesma coisa. Siga as convenções da plataforma e do setor.

👋 Introdução

Essa heurística está mais ligada ao visual da interface, mas preste muito atenção nela porque é de vital importância para garantir que seu sistema é previsível tem uma baixa curva de aprendizado. Imagine entrar em um e-commerce online e adicionar um ou dois produtos no carrinho: você olha para um dos quatro cantos da tela buscando o carrinho. Para qual canto da tela você olhou? Se você pensou no superior direito, você já começou a entender a importância da quarta heurística de Nielsen: consistência e padrões.

💬 Conteúdo

Em um sistema, usuários não deveriam ter que se preocupar se ícones, símbolos ou links significam a mesma coisa em contextos diferentes. Sua interface deve ser previsível e oferecer uma baixa curva de aprendizado para novos usuários — assim, eles conseguem aproveitar modelos mentais que já aprenderam em outros sites e trazê-los para o seu.

Existem dois tipos de consistência que a sua interface pode ter:

Consistência Interna: significa manter consistência em um produto ou em produtos de uma mesma família, interligados entre si. Por exemplo, utilizamos no CTA primário na Daredev, o nosso degradê azul/verde. Temos muito cuidado ao colocar o degradê em outros lugares para não deixar os nossos alunos confusos sobre o que essa cor significa em outros contextos. Seria estranho, por exemplo, colocar essa cor em links.

Consistência Externa: se refere a ações que mantém a consistência fora dos seus produtos. Algumas indústrias têm convenções de UI (interfaces) conhecidas e quebrar esse padrão faria com que o usuário ficasse confuso e tivesse que reaprender a utilizar aquele sistema. Como em plataformas, o botão de login normalmente está localizado no canto superior direito da tela — e é esperado que sempre esteja ali mesmo. A Lei de Jakob nos ajuda a entender o porquê disso — escrevemos um artigo super legal sobre ela aqui no Blog da Daredev.

🙃 Conclusão

Ao criar interfaces ou sistemas, manter a consistência e os padrões de UI pré-determinados são importantes para garantir que seu sistema seja previsível e tenha uma baixa curva de aprendizado. Assim, usuários podem se aproveitar de modelos mentais que já conhecem, facilitando a usabilidade do seu produto. A quarta Heurística de Nielsen nos oferece dois tipos de consistência: a interna e a externa. Ambas são importantes para melhorar a percepção de eficiência do seu sistema.

Blog da Daredev 💬 Conteúdos para UX Designers se manterem sempre atualizados.

Blog da Daredev 💬 Conteúdos para UX Designers se manterem sempre atualizados.