O futuro não demora — o boom do UX Design

👋 Introdução

Nunca se ouviu tanto falar do UX Design como nos últimos meses — seja de uma forma positiva ou negativa. É inegável que estamos vivendo um fenômeno… O famoso boom do UX Design. Neste artigo vamos responder algumas perguntas importantes do mercado de UX e fazer uma análise sincera do futuro do UX no Brasil — que não demora a chegar.

💬 Conteúdo

Quando eu comecei a estudar UX Design, ainda não existia muito clareza sobre o que essa área significava no Brasil. Principalmente, pequenas empresas ou startups não conseguiam perceber bem o valor do UX Design — e por isso, acabavam subestimando a necessidade de ter um profissional especialista nesta área. Mas qual o real valor do UX Design para as organizações?

UX Design é uma vantagem competitiva

Empresas que começaram a investir em UX Design perceberam que, ao centrar esforços em compreender o usuário, obtiveram uma melhor percepção do seu produto e até mesmo aumentaram a satisfação interna dos funcionários. O UX Design avalia produtos pela experiência das pessoas em múltiplos pontos de vista. Vamos falar sobre 8 principais fatores para isso:

  1. Aumento da satisfação do usuário/cliente final
    Usuários amam produtos que eles conseguem usar. A percepção de satisfação (e eficiência do seu produto) é aumentada quando o cliente final sente que consegue desempenhar tarefas com sucesso.
  2. Aumenta o retorno desses usuários — e traz novos!
    Se um usuário fica satisfeito, consegue usar seu produto sem muitas complicações e sente que o seu produto é eficiente… Ele vai voltar. Inclusive, pode até indicar o seu produto para outras pessoas! Quando o UX é feito da maneira certa, definitivamente aumenta o retorno a taxa de usuários.
  3. Aumenta o engajamento dos usuários com produtos e serviços
    Pessoas adoram engajar com produtos que elas sentem que são feitos para elas! Não é a toa que o Nubank faz tanto sucesso entre jovens — se você viveu nas eras sombrias onde era necessário ir a agência com um milhão de papéis para abrir uma conta, provavelmente acha maneiro ter um cartão roxo. De certa forma, poder tirar uma foto com o seu cartão Nu e postar nas redes sociais sem ter que expor seus dados gera um engajamento altíssimo!
  4. Aumenta a confiança do usuário com o produto
    Pessoas confiam mais em produtos que são transparentes e se preocupam com elas. Já falamos um pouco mais sobre confiança no texto sobre a — em linhas gerais, sistemas que se preocupam em ajudar o usuário a ter uma experiência fantástica (ou que são previsíveis), criam uma percepção de confiança.
  5. Aumenta o tráfego e venda de produtos
    Se o seu produto é fácil de usar, é lógico que ele vai atrair mais usuários. E esses usuários vão querer acessar o seu produto com mais frequência, porque é fácil (ou rápido) de concluir tarefas com ele. Isso também tem um impacto direto com vendas e upselling.
  6. Diminui o tempo investido em suporte e treinamento
    Quando seu produto é intuitivo, menos as pessoas vão ligar para os call centers procurando informações que podem estar disponíveis em uma central de ajuda digital, por exemplo. Antecipar as possíveis dúvidas do usuário é uma excelente forma de diminuir investimentos no suporte (ou pós-venda). E assim, você também diminui os investimentos em ter que treinar pessoas para usar a sua ferramenta — se você já teve que contratar um Software como serviço, sabe que implementações são caras e demoradas, o terror de qualquer equipe.
  7. Centraliza problemas de experiência onde eles estão
    Quando o problema chega no suporte, ele atinge um nível de complexidade maior. É necessário que alguém, externo ao seu problema, tente compreender e/ou simular a situação no contexto em que ela aconteceu para resolver o seu problema. Mesmo que o UX não consiga evitar o problema, talvez ele consiga ajudar o usuário a corrigir e se recuperar daquele erro sem ter que acionar o suporte, por exemplo.
  8. Aumenta satisfação dos funcionários com seus próprios trabalhos
    É muito bom sentir que faz parte de uma coisa maior, não é mesmo? Quando você trabalha em uma empresa na qual as pessoas — fora dela, lógico — tem uma excelente percepção, isso aumenta a sua felicidade com o seu próprio trabalho. Mais do que isso, gera uma sensação de trabalho cumprido e dá um gás para continuar trabalhando.

O futuro não demora

Investir em UX Design passou a ser uma necessidade. Entender como manter usuários engajados, aumentar as vendas, manter sua empresa saudável e ter clientes evangelizadores — que confiam na sua proposta — é o futuro. Eu acredito que o Brasil precise de mais clareza nos múltiplos papéis que UX Designers podem ter dentro de uma organização. Formar mais profissionais especialistas, em um país que investe muito no generalismo, é acelerar a maturidade da experiência dos seus produtos e serviços.

🙃 Conclusão

Nos últimos anos temos visto uma explosão na procura por profissionais de UX Design — esse movimento, já previsto pelo Jakob Nielsen em 2017, é resultado do entendimento das empresas de que experiência gera valor agregado para o cliente, para os funcionários e provoca melhorias em produtos digitais. Existem 8 principais razões pelas quais o UX Design é valioso e de vital importância para empresas — e por isso, você como profissional, deve aproveitar a oportunidade e investir em aprender experiência do usuário.

Blog da Daredev 💬 Conteúdos para UX Designers se manterem sempre atualizados.

Blog da Daredev 💬 Conteúdos para UX Designers se manterem sempre atualizados.